quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Aprendendo

"Minha vida é como um livro aberto", não sei você, mas eu já ouvi essa frase inúmeras vezes, até a proferi algumas. E sim, a vida é como um livro! Muitas vezes temos dificuldade em virar algumas páginas. Mas é preciso ter inteligência para viver e o tempo vai nos ensinando, afinal podemos voltar e ler capítulos passados, isso não torna o momento um poço de tristeza, não mesmo! Em muitas ocasiões ouvi pessoas dizendo que tinham a vida aberta, como um livro. Demorei para compreender o real sentido desta frase. Muitos a usam sem entenderem realmente sua profundidade. Mas porque um livro? 

Talvez por ser a maior de todas as criações da espécie humana. Tudo começou quando o primeiro humano, que nunca soube a importância do que estava fazendo, desenhou algo numa parede de caverna. Ali estava o primeiro registro da história, que contemplou em sua simplória vida. Desde então, tudo o que fazemos fica registrado, seja em meios físicos, magnéticos ou mentais. Este último é o que nos interessa. Nossa poderosa mente não apenas registra, mas cruza informações e cria novas. É onde nascem as ficções, fantasias e doenças, é o berço das criações. Muitas vezes, o poder da mente somatiza o resultado de sua criação, para o bem ou para o mal.

Sabe aquela dor de cabeça, que surge ao tentar encontrar uma resposta para seu problema? Pois é, está somatizando e registrando. Re, gis, tran, do! Gravando nas páginas de seu livro, nas passagens de sua vida. Não se chateie se não estiver entendendo, a bagaça é doida mesmo! Simplificando, você pensa que pode e acaba conseguindo. Você pensa que não pode e pronto, não pode, mesmo que tenha tudo a seu favor. E como sempre, aonde é que leva tudo isso?

Ai é que vem a sacada da vida. Por este motivo é que precisamos de inteligência para viver. Mesmo quando tudo está ruim, é necessário encontrar lições positivas e esperança. Acreditar sempre e nunca usar a palavra "nunca", pois nunca é fim, tão definitivo que mesmo podendo, torna-se impossível. E mesmo conseguindo não se consegue ser feliz, possuindo. Então, vire as páginas e não tenha medo de voltar a elas, se for preciso. Poderia dizer muito mais, mas é chover no molhado, vira enchente. 
Para mim, só existe um tipo de adeus, conhecido e definitivo. O restante, é possibilidade.

******* O UNIVERSOS ESTÁ A NOSSO FAVOR, FACILITE! *******
Texto e criação do autor J.C.Hesse, especificamente para este blog,
ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria e a fonte.
Meu Twitter: JCHesse
Abraços, J.C.Hesse (procure no google)
ou
http://diariodozezu.blogspot.com.br/
http://cartasesombras.blogspot.com.br/
http://negativeuniverse.blogspot.com.br/
http://clubnovosautores.blogspot.com.br/